Saint Valentin em Lyon

J’aime, tu aimes, il aime… você sabe falar de amor em francês?
No dia 14 de fevereiro comemoramos na França como em muitos países a festa dos namorados : La Saint Valentin.
E em Lyon eu vou comemorar! quem disse que com 66 anos não se comemora a Saint Valentin?

MAS QUE HORROR este ano por causa da pandemia não existem restaurantes abertos! Nem bares românticos ou sexys!

E para os presentes?
Nas nossas butiques
… jà lhe disse que minha rua preferida 
em Lyon é a rue Auguste Comte? tão chique e artística! Outro dia eu lhe 
contarei sobre esta rua mas hoje quero falar de AMOR!  La Saint Valentin 
é amor antes de tudo!!!

quays of the rhone 1587893 1280 1024x768 - Saint Valentin em Lyon


Então aconselho para todos os namorados de Lyon passeios românticos na 
cidade ( para mim é nas beiras de nossos dois rios, la Saône e Le Rhône
ou na colline de Fourvière correndo atrás de história, ou nos caminhos 
verdes do Parc de la Tête d’Or, ou nas velhas ruas tão lindas do Vieux 
Lyon
com suas cores do século XVI ) ou/e uma noite num hotel 
lindo :
Au Mama Shelter : jantar e café da manhã servidos no quarto
Au Collège Hôtel : promete uma “nuit d’amour” com café da manhã e check out tardio às 14h…
À La Villa Florentine : com jacuzzi panorâmico? Meu preferido…
À la Villa Maïa : com massagem em dupla
E no L’Ermitage et au Fourvière Hôtel, vai ter Champagne!
L’InterContinental Lyon – Hotel Dieu Massagem e Spa e o Chefe Mathieu 
Charrois
Au Mob Hôtel, uma surpresa!
Le Radisson Blu com pétalas de rosa na sua cama!
Le Crowne Plaza : uma rosa oferecida.

Para muitas pessoas a origem desta festa é pagã e romana! Homens da Roma  antiga comemoravam a fertilidade com o rito da Lupercalia : os homens tiravam a roupa e vestiam so uma pele de animal, cachorro ou ovelha para aumentar, pensavam eles, sua fertilidade antes de ir encontrar moças… 
Mas a festa era bem menos romântica que hoje pois matavam uma ovelha na caverna onde dizem que Romulus e Remus foram alimentados pela loba. E os homens com o corpo cheio de sangue e de lama corriam nas ruas da cidade batendo em mulheres com pedaços de pele do animal para transforma-las em mulheres férteis! E era neste mesmo dia que os homens sorteavam a mulher que seria deles para o ano todo!


Esta comemoração pagã cada ano se fazia em Roma entre o 13 e o 15 de 
fevereiro, era muito popular e até o século 5 depois de J.C existiu, 150 
anos depois que o imperado Constantin impôs a cristandade em todo o 
império romano, pois a festa continuava a ser muito popular, mesmo num 
contexto difícil pois os novos cristãos tentavam fazer proibir esta 
tradição.


Dizem que no século 3 d.C, o imperador romano Claude II que queria 
aumentar o numero de soldados no seu exército proibiu o casamento dos 
homens jovens. Então parece que Valentin, o padre Valentinus, apesar 
desta proibição organizou muitos casamentos em segredo. Por ter 
desobedecido ele foi executado no ano 270 d.C, no 14 de fevereiro. Antes 
de morrer parece que ele escreveu uma carta de amor assinando “Ton 
Valentin”. Verdade ou não é esta história que permitiu aos Cristãos de 
se apoderarem a Lupercalia!
Depois, o Papa teria suprimido as Lupercalias e nomeado São Valentin o 
santo padrão dos namorados.
Na Idade Média esta festa continuava fazendo muito sucesso, organizavam 
jogos de esconde-esconde para que cada um pudesse encontrar sua 
“âme-soeur”.

heart 762564 1280 1024x682 - Saint Valentin em Lyon


No século XIX começaram a mandar neste dia cartinhas de amor, estas 
cartinhas foram chamadas as valentines e são símbolos da festa também, 
juntos com as flores, os chocolates, os jantares em restaurante… Hoje 
a festa transformou-se numa tradição comercial, bem criticada na França, 
mas TODOS comemoram!
Um momento forte de consumo : cada ano na França o orçamento médio dos Franceses para esta festa é de 120 euros, flores, cartões, chocolates, presentes (estudo do instituto Yougov para 
Poulpeo).

model 1246028 1280 1024x682 - Saint Valentin em Lyon


A SaintValentin moderna tornou-se um negócio, une “affaire 
économique”!
CROZET Agnès, Secrétaire Générale de l’Obsoco (L’Observatoire Société et 
Consommation) diz que os jovens continuam assim comemorando o amor, 
respeitando a velha tradição e inscrevendo-se num ritual social que os 
ultrapassa.
Mas antes de qualquer coisa na Saint Valentin trata-se de AMOR, o que é 
amor do ponto de vista cientifico?
Hélène Fisher, antropóloga, autor de varios livros sobre o amor ( entre 
os quais Why We Love: The Nature and Chemistry of Romantic 
Love) distingue 3 formas de amor reconhecidas pelo sistema nervoso que 
levam ao acoplamento e à reprodução :
-Desejo sexual
-Amor romântico
-Apego

Estes sistemas cerebrais desempenham todos um papel na formação do amor. Atuam de forma diferente e independente mas uma relação amorosa une os três.

opera 4076593 1280 1024x682 - Saint Valentin em Lyon
Ópera de Lyon – iluminada.


Eu poderia também falar de Lyon iluminada à noite, tão romântica, ou 
duma taça de vinho Beaujolais ou de Côte Rôtie para deixar meu olhar 
amoroso mais intenso, ou dum molho à la truffe sobre uma poularde de 
Bresse, tanto sensual… Mas vou esperar que você venha me visitar 
porque de Lyon posso falar a noite toda, tantas coisas misteriosas e 
românticas …

hands 4392583 1280 1024x682 - Saint Valentin em Lyon

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: