Castelos de Beaujolais: descubra a beleza dos châteaux da região

Uma das rotas dos vinhos mais famosas da França é entre os castelos de Beaujolais. Ou seja, você conhece alguns dos melhores vinhos do país, mas também aproveita para conhecer construções medievais. Entre eles há chateaux com mais de 500 anos que destacam a beleza cultural e história da região de Beaujolais, situada próxima de Lyon.

Portanto, hoje você conhecerá um pouco melhor sobre os castelos de Beaujolais, os seus encantos e o que conferir pela região. Então, anote todas as dicas e aproveite para fugir das rotas tradicionais durante o seu passeio pela França!

4 Castelos de Beaujolais para visitar

1. Château de Bagnols

Esse é um dos castelos de Beaujolais do século 13. Ele fica na região do departamento de Rhône, na região de Auvergne-Rhône-Alpes e foi reformulado pela última vez no século 18.

Hoje, o belo castelo abriga um hotel de luxo da rede Small Luxury Hotels em parte da sua estrutura. Além disso, ele é cercado por belos vinhedos que deixam a paisagem ainda mais incrível ao redor. Ainda, possui alguns monumentos históricos.

Château de Bagnols, Beaujolais, França

Apesar de ser um hotel, há algumas visitas guiadas que podem ser realizadas no local. Inclusive, a mais comum delas permite conhecer o espaço histórico com os resquícios medievais. Já a outra é voltada a quem deseja conhecer os vinhedos.

Há também atividades esportivas, como golfe, rally, entre outros. Além disso, para quem aprecia a cozinha francesa, há algumas oficinas com o chef do château.

De fato, o interior reserva até hoje uma beleza incrível na decoração dos cômodos como salões, sala de música e a sala Louis XV.

Além disso, o restaurante do hotel, que é aberto para pessoas de fora, é comandado pelo chef Jean-Alexandre Ouaratta e conta com uma estrela Michelin.

As visitas devem ser agendadas e você pode contar ainda com um guia na maioria delas. Porém, se quiser ter uma experiência personalizada e com guias que falam português, conte com a GIMtravel.

Somos uma empresa especializada em passeios turísticos pela França e oferecemos serviços que englobam desde o planejamento até assessoria completa durante a sua viagem. Assim, você conhece uma França única e exclusiva, fora dos roteiros tradicionais.

2. Château de Pizay

Assim como o anterior, esse castelo de Beaujolais também se transformou em um hotel de luxo. Porém, boa parte do seu domínio pode ser visitado, afinal, ele é uma verdadeira atração em toda região.

Estima-se que os seus vinhedos são explorados desde 1030. Com 80 hectares, o château é responsável pela produção de vinhos Morgon, Brouilly, Régnié e Beaujolais. Aliás, até hoje toda produção é engarrafada no local, sendo mais de 400 mil garrafas anualmente enviadas para a França e todo mundo.

Um dos destaques do château de Pizay é que os amantes de vinho podem participar de atividades como degustações da bebida na enoteca local. Além disso, há cursos e outras atividades no local.

Château de Pizay França - Castelos de Beaujolais: descubra a beleza dos châteaux da região
Château de Pizay. Foto: Flickr

Cabe ainda ressaltar que o castelo ocupa hoje um território que chegou a ser uma antiga vila romana. Inclusive, o nome “Pizay” foi registrado pela primeira vez justamente em 1030. Por esse motivo, se tem essa data como a origem do château.

A propriedade ostenta uma beleza única com suas torres e principalmente pelo belo jardim, que foi adicionado no século XVIII. Ela pertence à Companhia de Exploração Civil do Château de Pizay desde 1981.

Faça um passeio completo por Beaujolais e descubra de norte a sul as rotas dos vinhos da região.

3. Château de Montmelas

Esse château também data do século 13 e conserva suas características medievais até hoje. Localizado em Montmelas-Saint-Sorlin, em Rhône, ele é considerado um monumento histórico nacional desde 2000.

Para se ter uma ideia, os primeiros registros dele são de 977, o que leva a ser um dos castelos de Beaujolais mais antigos. Assim, você pode imaginar a beleza e nível histórico do local, mesmo ele tendo passado por várias modificações ao longo dos anos!

O Château de Montmelas é um dos castelos de Beaujolais mais bonitos, preservados e antigos da região.
Château de Montmelas. Foto: Flickr

Um dos seus destaques é a masmorra que resta até hoje da época medieval. Mas, muito além disso, a propriedade também é grande produtora de vinho! E apesar de ser privado, pertencendo à família Harcourt, ele está aberto à visitação.

Graças a isso você pode conhecer desde os jardins até as suas torres, capela, panteão, entre outros pontos. Porém, há algumas datas e horários específicos em que o château fica aberto, por isso é importante planejar-se com antecedência.

E por falar em planejamento, você sabia que a GIMtravel cuida de todos os detalhes da sua viagem do início ao fim? Então clique aqui e saiba mais sobre os serviços oferecidos pela empresa para que você possa viver momentos inesquecíveis em Beaujolais.

4. Château de Bellevue

Outro castelo de Beaujolais bem conhecido é o Château de Bellevue. Afinal de contas, ele possui 8 hectares de vinhedos e produz cerca de 120 mil garrafas de vinho por ano.

Château de Bellevue França - Castelos de Beaujolais: descubra a beleza dos châteaux da região
Château de Bellevue. Foto: Flickr

O atrativo do château vai além da sua beleza, já que ele pertenceu aos irmãos Lumière, franceses ilustres considerados como “os pais do cinema”. Dessa forma, os jardins do local encantam qualquer visitante, bem como a mansão do século 19 abrigada no local. Ela conta com quartos de luxo cujas diárias custam cerca de 150 euros.

Conheça também 6 castelos do Vale do Loire dignos de contos de fadas.

Passeios por Beaujolais com guias em português

Mas, afinal, o que Beaujolais tem de tão interessante? Além dos castelos da região com os seus vinhedos, todas as pequenas vilas ao redor merecem uma bela visita. Afinal, a paisagem é única a cada nova curva e é possível conhecer muito da cultura local no contato direto com os produtores e a gastronomia.

Inclusive, uma das formas de fazer um passeio personalizado é com a GIMtravel. Isso porque além de passar pelos vinhedos e castelos de Beaujolais mais conhecidos, a rota também inclui visita a caves e paradas para degustar produtos locais.

Sem dúvida, essa é a melhor forma de completar a rota dos vinhos passando por Oingt, uma das cidades francesas mais bonitas.

Explore o interior da França com a GIMtravel

Você sabia que a França oferece muito mais do que os passeios pelo rio Sena em Paris? Afinal, você pode completar a sua passagem pelo país com passeios como pelos castelos de Beaujolais.

E caso necessite de auxílio profissional, entre em contato com a GIMtravel. De guias bilíngues até transportes privativos, oferecemos todo o suporte turístico para que você possa aproveitar ao máximo o seu passeio pela região!

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: